historiadores-dos-esportes-veludo-o-estivador-que-virou-goleiro-fluminense

Em 28 de maio de 1950, o Fluminense empatou de 3 a 3, no Estádio Centenário, com a seleção uruguaia que se preparava para a Copa do Mundo. Veludo pratica a defesa protegido por Mário, Pinheiro e Waldir, vendo-se mais atrás o ponteiro Gighia, cujo gol deu o título mundial ao Uruguai na vitória de 2 a 1 sobre o Brasil.